Sobre o Talvez

Psicoproseando

Talvez a vida não seria tão vazia se fosse tão cheia de talvezes.Tantas vezes, pensando na possibilidade, impossibilitei o Destino de construir estradas que me possibilitariam de chegar até você. Apenas se eu quisesse, se eu tentasse, se eu fizesse, se…

Se você aparecesse na minha janela, desejando um bom dia. Se você aparecesse no meu portão gritando meu nome como da última vez que te vi aqui. Se eu pensasse direito e percebesse que não foi você. Sei lá, com tantas estradas que o Destino não concluiu, comecei a confundir o começo de uma com o final de outra.

Sinto sua falta. Sinto a falta dele. Sinto nossa falta.

Talvez, mais uma vez, eu sinta apenas falta do que eu pensava ou sentia. Que a vida tinha apenas um sentido, um motivo, que todos deveriam procurar este mesmo motivo, como eu. Mas nem você buscava trilhar o mesmo sentido que…

Ver la entrada original 88 palabras más

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s